Casamento ao ar livre 42

Casamento ao ar livre: Dicas

Olá pessoal!

Quando casei meu sonho era de casar na praia. Infelizmente não foi possível, mas minha paixão não mudou. Acho muito lindo o casamento ao ar livre e hoje posso ajudar as noivinhas a sonhar (aproveito e sonho com elas também!)

Trabalhando com casamentos a gente ganha uma experiência que pode ajudar quem está interessado no assunto, afinal, não é todo dia que a gente casa!

Seguem algumas dicas:

  • ORGANIZAÇÃO
  • O melhor a fazer (se a situação permitir) é contratar uma cerimonial experiente para ajudá-la nas escolhas dos fornecedores. Uma pessoa com experiência comprovada sabe os melhores lugares para comprar (alguns têm acordos fechados) e pode dispor de um tempo que você pode não ter! Há dois tipos de cerimonial: o do dia que irá organizar a ordem das coisas no casamento para que tudo vá bem e o completo, que lhe ajudará em todos os detalhes e poderá inclusive lhe acompanhar nas visitas aos fornecedores, se assim ficar acordado.
  • LOCAL
  • Veja se o local escolhido possui infra-estrutura adequada, banheiros e estacionamentos amplos, acessos internos calçados para que todos possam circular com conforto, para as mulheres com saltos em lugares de terras e gramas pode-se também providenciar pisos falsos, (tapetes, decks, etc). Leia os comentários e pesquise nos sites de reclamações de consumidores. Quem é sério, cumpre os contratos e respeita o consumidor dificilmente terá reclamações, e se tiver, estará respondendo a elas com toda a atenção para reverter sua imagem.
  • Atenção para o acesso, se tratar-se de um espaço fora da cidade, poderá dispor de uma empresa de transporte (Vans) para seus convidados, ou ceder mapas bem explicados com telefone, caso alguém se perca.
  • Verificar se o lugar conta com infra estrutura para hospedar alguns convidados ou familiares que por ventura queiram permanecer no dia  ou  após o evento. Alguns noivos pagam a estadia dos pais e padrinhos para permanecerem mais tempo juntos.
  • MONTAGEM
  • Escolha, na medida do possível, fornecedores e  serviços indicados, pois existe a questão de confiança e garantia da qualidade dos serviços prestados e  sem contar com a praticidade que proporciona, pois que o fornecedor já está habituado a trabalhar dentro do espaço.
  • Escolher a opção de um casamento ao ar livre implica estar à mercê do clima, e ainda que você tenha escolhido uma data em pleno verão, nunca se sabe o que pode ocorrer, por isso convém que a área esteja protegida e fechada com uma proteção ou toldo.
  • Solicitar que a tenda, ou as tendas, sejam montadas no dia anterior se possível, para evitar transtornos de última hora.
  • As bebidas podem também ser trazidas no dia anterior (depende da disponibilidade do espaço  alugado) para serem geladas.
  • Conforme o tipo da decoração escolhida uma parte da decoração pode ser pré-montada um dia antes. A mobília locada também pode estar garantida no local. Pesquise com cuidado e pergunte por detalhes, pois pequeninos detalhes não inclusos podem fazer com que sua despesa aumente bastante.
  •  PARTICULARIDADES
  • Lugares onde houver mosquitos indesejáveis, pode-se contar com tochas de jardim, que além de dar uma toque elegante quando a noite se aproxima, ainda tem o recurso de colocar nesses artigos de decoração essências que afastam os insetos, como óleo de citronela e laranja.
  • Não escolha centros de mesa com flores muito compridas nem detalhes decorativos que não possam resistir ao ar livre.
  • Nos meses de muito calor, entre a primavera e o verão, é fundamental que ofereçam água aos  convidados durante a cerimônia. Preparar  um local bonito para colocar um bar improvisado com bebidas. Colocar jarras de água fresca ou limonadas, seguramente que todos os  convidados estarão encantados de poder tomar algo fresco enquanto esperam pela cerimônia.
  • Um grande cuidado com os  convidados, é repartir  leques e sombrinhas chinesas brancas ou de cores. Será uma bonita forma de se refrescarem e dará origem a fotos muito originais.

É preciso ter cuidado com o horário de início do evento, que não pode ser muito tarde para aproveitar as belezas de uma cerimônia feita ao ar livre. Se o local tiver estrutura de lazer, você pode proporcionar ainda para seus convidados um restante da tarde divertida que, com certeza marcará suas vidas com o encanto de um casamento completo.

É isso aí amigas noiva e pretendentes a casar um dia… espero que tenha ajudado!

Ah, a foto inicial é no Laggus Residencial Náutico  www.laggus.com.br 

LEIA TAMBÉM OUTRO POST SOBRE O ASSUNTO CASAMENTO: Casamento ao ar livre: um sonho de olhos abertos

Abraços

Kelli

Buquê Rainbow      (5)

Casamento ao ar livre: um sonho de olhos abertos

Um dia tão esperado na vida de uma mulher como o casamento deve ser programado nos mínimos detalhes para que seu sonho torne-se realidade.

Há algum tempo, os casamentos ao ar livre eram simples, mas hoje podem ser simplesmente maravilhosos, usando tudo (ou quase tudo) que você sonhar.

Com tantas opções nos dias atuais, facilita-se a vida da noiva (no quesito praticidade e economia) quando ela encontra num só lugar a oportunidade de realizar a cerimônia e de comemorar com seus convidados tendo como plano de fundo a beleza inigualável de um pôr do sol. Existem em Curitiba várias opções para casar a céu aberto, mas o melhor lugar que conheço e que posso indicar com certeza é  o Laggus Residencial Náutico, pertinho de Curitiba. O lugar é simplesmente lindo, inigualável! Quando a gente chega neste lugar a vontade que dá é de sentar e dizer: “-Daqui eu não saio nunca mais!”.

Os eventos realizados no Laggus Residencial Náutico são sempre marcantes. Seus convidados deixarão a festa, mas as lembranças mais felizes não deixarão suas memórias…

Marque a vida de seus amigos mais chegados e familiares com um casamento inesquecível.

A Equipe Laggus está a sua disposição para que seu tão sonhado “casamento ao ar livre” seja um sucesso inesquecível!

Visite o site e veja você mesmo: http://www.laggus.com.br     Marque uma visita, você vai se apaixonar!

VEJA MEU OUTRO POST SOBRE DICAS DE CASAMENTO AO AR LIVRE!

Abraços,

Kelli

Cabide para xales, lenços e echarpes

Muitos de nós têm lenços, estolas e xales, que normalmente se somam empilhados em uma prateleira de um armário ou pendurado em um gancho convencional, e às vezes apenas na porta do armário. Isso não é muito conveniente se você deseja obter um lenço, é sempre um problema eles estarem no meio ou na parte inferior da pilha, pois, além de termos mais trabalho eles podem estar amassados! Por esta razão, é preferível pendurar lenços num cabide. Mas se uma grande quantidade de xales e cachecóis, é melhor usar um cabide especial para lenços, o que pode ser feito à mão.

Cabide para xales, lenços e echarpes

Cabide para xales, lenços e echarpes

Para sua fabricação, precisamos: cabide, anéis com um diâmetro de 5-7 cm (de preferência de plástico – são mais fáceis), linha do gancho.

Anéis de ligação que vai ocupar a linha inferior do rack.

Amarrei um anel de 4, como o meu cabide linha superior será composto de cinco, e os quatro anéis inferiores.

Em seguida, tomamos um outro anel, tópicos prendê-lo a um cabide e também amarrado.

Amarrar uma grande parte do anel, combiná-lo com o já bordado.

Em seguida, conecte o terceiro anel.

Junte-se ao próximo anel.

Assim, ligar e conectar todos os anéis.

Agora você precisa amarrar o próprio cabide, para que recrutam 8-9 voltas e conectá-los em um anel.

O trabalho mede uma coluna de malha fileira de lacetes múltiplos, dependendo do tamanho do gancho superior.

Malha de volta ao ringue e depois recrutar algumas torções no lado oposto.

Tricô em torno de vários centímetros, até 2-3 voltas sobre os lados, dependendo da forma de ganchos. Em seguida, insira a agulha através do gancho buraco e se conectar na parte inferior.

Faça o acabamento no resto do cabide.

Tenho esta toalha xales, lenços e echarpes.

Cabide para xales, lenços e echarpes

Pronto! Seus echarpes agora estarão arrumados e organizados!

Fonte: http://helga-handmade.ru

Abraços,

Kelli

Colar de pérolas e miçangas

Oi pessoal!

Vejam que lindo esse colar de pérolas que encontrei em um site russo! Com um acabamento de bijou deve ficar show!

Colar colar de pérolas e miçangas

Colar colar de pérolas e miçangas

Colar colar de pérolas e miçangas

Para a fabricação do colarinho-colar que precisamos: de couro natural ou sintética (ou material denso), grandes e pequenas pérolas ou contas (melhor usar meias-pérolas), finos laços de fita de cetim com uma agulha e linha.

Cortar duas partes idênticas do couro, na forma que precisamos.

Materiais necessários

Materiais necessários: meias-pérolas grandes, meias-pérolas pequenas (ou miçangas).

Então, comece a costurar as contas na ordem exigida ou fazer um certo padrão de sua escolha.

Iniciar a fabricação

Iniciar a fabricação.

Costure contas

Costure as contas.

Costure contas

Costure as pérolas e depois disso, costurar as miçangas, enchendo o pequeno espaço que se formou entre os grânulos.

Embainhar contas

Arrematar e costurar a outra parte para cobrir os fios de forma que não apareçam, dando-lhe acabamento. Costurar as bordas de fitas de cetim com o comprimento desejado.

Eu, particularmente, acredito que ficaria mais bonito usar acabamento de bijouteria no acabamento.

Cosa o fundo do

Essa peça pode ser usada como acabamento em vestidos e outras peças, valorizando-as.

Colar colar de pérolas e miçangas

Fonte: http://helga-handmade.ru

Mãos a obra meninas!

Abraços,

Kelli

Cavalinho de pau

Olá pessoal!

Esses dias percebi que minhas meninas (agora com 2 anos) brincavam com objetos debaixo das pernas, cavalgando como se fossem cavalinhos.

Elas corriam gritando: pocotó, pocotó! Então lembrei dos cavalinhos de pau com que brincávamos e comecei a procurar nas lojas. Confesso que foi difícil, mas achei!

Na verdade a cabecinha é de plástico, mas agora que vi essa arte tão bonita feita com meias estou encantada! Dêem uma olhada como é fácil fazer!

Peça para as crianças trazerem meias usadas de casa. Você ainda vai precisar de lã, botões para os olhos, feltro para as orelhas, cabo de vassoura e material para o cabresto. Mas você substituir isto por: bolinhas e retalhos de eva e para o cabresto você pode usar feltro ou eva também. Para o enchimento você pode usar retalhos, espumas ou até sacolas plásticas.
Mãos a obra!
 Vamos começar pela crina. Corte pedaços de lã, faça buraquinhos na meia e vá amarrando os pedaços de lã. Cole os olhos (se for de eva) ou pregue botões.

Vejas as orelhas… podem ser feitas com feltro ou eva. Depois é só dar uma prega e costurar.

Para fazer a boca você só precisa passar uma linha, apertar e amarrar.
Finalize amarrando a meia no cabo de vassoura, bem apertado. Para que a cabeça dobre formando o pescoço, você precisa fazer o cabresto passar pelo focinho e puxar para amarrar no pescoço. Fácil, não?
Um abraço a todos e que Deus os abençoe!
Créditos:Light blue grey

PLC 122 – SE APROVADA, TRANSFORMARÁ HOMOSSEXUAIS EM SEMI-DEUSES

PLC 122, se aprovada transformará homossexuais em semi-deuses

Depois das várias polêmicas causadas pela matéria anterior publicada neste blog, e que trata da PLC 122, reproduzo aqui um complemento da mesma, só que desta vez, o texto foi tirado do blog do Deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), onde o mesmo aborda o tema como deve ser feito, analisando e questionando a finalidade e repercussão dessa lei.

Segue abaixo o texto do Dep. Bolsonaro e também os links das sessões no plenário do mesmo.

Aprovado na surdina em 2011, na Câmara dos Deputados, por votação simbólica, o Projeto de Lei Complementar 122 entrará em votação está semana no Senado Federal, a pedido das minorias que tomaram a frente das negociações por “melhorias” na política brasileira.

Fotos nos principais jornais do país mostraram movimentos sociais, (CUT, UNE, MST, Movimento LGBT, juventudes socialistas e outros) em reunião com a Presidente Dilma, como se eles representassem a população após as manifestações que tomaram conta do Brasil, e algumas prioridades foram colocadas em pauta.

O PT espertamente propôs a Reforma Política para ganhar simpatia do povo, pois o tema a princípio é uma palavra composta que popularmente soa muito bem. Entretanto, se aprovada como querem, criando a lista fechada, voto distrital e outros itens, que em outra oportunidade serão expostos, tornará este partido em um Deus no poder

Outra esperta manobra que saiu desta reunião foi a iniciativa do Presidente do Senado em colocar em votação o PLC 122, que caso aprovado transformará os homossexuais em semi-deuses, ou seja, caso olhe de rabo de olho para um gay e este se sentir ofendido, você estará prontamente preso por 2-5 anos por cometer um crime inafiançável.

Converse, ligue ou mande e-mail para seu senador para que vote CONTRA este absurdo. Todos somos iguais perante a lei independentemente de nossa opção sexual.

Assista o pequeno vídeo que expõe os principais itens deste projeto.

. Bolsonaro cita alguns itens do PLC 122. http://goo.gl/ET8Qn

.Grupo LGBT fatura milhões com confecção de “vídeos educativos”.http://goo.gl/GMXBq

.PSOL destina milhões de reais para Movimento Gay. http://goo.gl/31h6m

.UNE e Empresários de ônibus “ganham na Mega-Sena acumulada”.http://goo.gl/Wh4YB

FONTE: http://wphotography.altervista.org/blog/plc-122-se-aprovada-transformara-homossexuais-em-semi-deuses/

LEI QUE EXTINGUE A FAMÍLIA INCLUÍDA NA PL122

PL122 SERÁ VOTADA ESTA SEMANA

Essa é a proposta que a Sen. Marta Suplicy vem propor.

Quem acha que está certo, apague a matéria e fica por isso mesmo, mas se não concordar, faça como eu, repasse!!!

PEC elaborada pela OAB?!!!

Amigos,
É essa a Proposta de Emenda à Constituição que a Senadora Marta Suplicy e a Comissão Especial de Diversidade Sexual da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB estão elaborando para o nosso País.
Principais pontos:
– Acabar com a família tradicional
– Retirar os termos “pai” e “mãe” dos documentos
– Acabar com as festas tradicionais das escolas (dia dos pais, das mães)
para “não constranger” os que não fazem parte da família tradicional – A partir de 14 anos, os adolescentes disporão de cirurgia de mudança de sexo custeada pelo SUS
– Cotas nos concursos públicos para homossexuais etc…

Eis o texto:

“A senadora Marta Suplicy (PT-SP) elogiou a Proposta de Emenda Constitucional (PEC), elaborada pela Comissão Especial de Diversidade Sexual da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que quer ampliar privilégios a indivíduos viciados em práticas homossexuais. O texto tem a pretensão de introduzir na Constituição todas as decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) que favoreceram a agenda gay, inclusive a garantia de união estável para duplas homossexuais, com direito à conversão em casamento e adoção de crianças.
De acordo com a agência de notícias do Senado, “a PEC tem como um de seus principais ponto a criminalização da homofobia e estabelece a pena de dois a cinco anos de reclusão para aqueles que praticarem atos de discriminação e preconceito em virtude da orientação sexual de alguém. A mesma punição se estende aos que incitarem o ódio ou prega rem [contra a] orientação sexual ou identidade de gênero”.
Com a aprovação da PEC, a própria Constituição do Brasil se transformará num PLC 122. Mas Suplicy reconhece que a tentativa de transformar a Constituição do Brasil numa constituição anti-“homofobia” certamente enfrentará resistência de “setores como o da igreja”. A senadora acredita que, estrategicamente, será importante aprovar primeiro o PLC 122/2006, pois sua tramitação está mais avançada, tendo já sido aprovado sorrateiramente na Câmara dos Deputados e restando apenas a votação no Senado. O segundo passo, na avaliação de Marta, é apresentar a PEC, que é uma matéria mais ampla e complexa. “A PEC é bem mais difícil de aprovar. Então, vamos começar com a homofobia e avaliar o momento adequado para fazer uma PEC com essa amplitude, que é realmente o sonho que nós gostaríamos para todo o País”, explicou a senadora à agência do Senado.
O Estatuto da Diversidade Sexual conta com 109 artigos, que alteram 132 dispositivos legais. O Estatuto criminaliza a fobia, reconhece o direito à livre orientação sexual e iguala os direitos fundamentais entre heterossexuais e LGBTs.

Eis alguns dos “avanços” que o Estatuto da Diversidade Sexual propõe:

Legitimação da PEDOFILIA e outras anormalidades sexuais:
Título III, Art. 5º § 1º – É indevida a ingerência estatal, familiar ou social para coibir alguém de viver a plenitude de suas relações afetivas e sexuais.
Sob essa lei, a família nada poderá fazer para inibir um problema sexual nos filhos. A sociedade nada poderá fazer. E autoridades governamentais que ainda restarem com um mínimo de bom senso estarão igualmente impedidas de “interferir”.
Retirar o termo PAI E MÃE dos documentos:
Título VI, Art. 32 – Nos registros de nascimento e em todos os demais documentos identificatórios, tais como carteira de identidade, título de eleitor, passaporte, carteira de habilitação, não haverá menção às expressões “pai” e “mãe”, que devem ser substituídas por “filiação”. Essa lei visa beneficiar diretamente os ajuntamentos homossexuais desfigurados tratados como família. Para que as crianças se acostumem com “papai e papai” ou “mamãe e mamãe”, é preciso eliminar da mente delas o normal: “papai e mamãe”.
Começar aos 14 anos os preparativos para a cirurgia de mudança de sexo aos 18 anos (pode começar com hormônios sexuais para preparar o corpo):

Título VII, Art. 37 – Havendo indicação terapêutica por equipe médica e multidisciplinar de hormonoterapia e de procedimentos complementares não-cirúrgicos, a adequação à identidade de gênero poderá iniciar-se a partir dos 14 anos de idade.
Título VII, Art. 38 – As cirurgias de redesignação sexual podem ser realizadas somente a partir dos 18 anos de idade.

Cirurgias de mudança de sexo nos hospitais particulares e no SUS:

Título VII, Art. 35 – É assegurado acesso aos procedimentos médicos, cirúrgicos e psicológicos destinados à adequação do sexo morfológico à identidade de gênero.
Parágrafo único R 11; É garantida a realização dos procedimentos de hormonoterapia e transgenitalização particular ou pelo Sistema Único de Saúde – SUS.
Uso de banheiros e vestiários de acordo com a sua opção sexual do dia: (?)
Título VII, Art. 45 – Em todos os espaços públicos e abertos ao público é assegurado o uso das dependências e instalações correspondentes à identidade de gênero. Não é permitido deixar de ser homossexual com ajuda de profissionais nem por vontade própria: Titulo VII, Art. 53 – É proibido o oferecimento de tratamento de reversão da orientação sexual ou identidade de gênero, bem como fazer promessas de cura.
O Kit Gay será desnecessário, pois será dever do professor sempre abordar a diversidade sexual e consequentemente estimular a prática:

Título X, Art. 60 – Os profissionais da educação têm o dever de abordar as questões de gênero e sexualidade sob a ótica da diversidade sexual, visando superar toda forma de discriminação, fazendo uso de material didático e metodologias que proponham a eliminação da homofobia e do preconceito.
Contos infantis que apresentem casais heterossexuais devem ser banidos se também não apresentarem duplas homossexuais travestidas de “casais:

Título X, Art. 61 – Os estabelecimentos de ensino devem adotar materiais didáticos que não reforcem a discriminação com base na orientação sexual ou identidade de gênero.
As escolas não podem incentivar a comemoração do Dia dos Pais e das Mães:

Título X, Art. 62 – Ao programarem atividades escolares referentes a datas comemorativas, as escolas devem atentar à multiplicidade de formações familiares, de modo a evitar qualquer constrangimento dos alunos filhos de famílias homoafetivas.
Cotas nos concursos públicos para homossexuais assim como já existem para negros no RJ, MS e PR e cotas em empresas privadas com já existe para deficientes físicos:

Título XI, Art. 73 – A administração pública assegurará igualdade de oportunidades no mercado de trabalho a travestis e transexuais, transgêneros e intersexuais, atentando ao princípio da proporcionalidade.
Parágrafo único – Serão criados mecanismos de incentivo a à adoção de medidas similares nas empresas e organizações privadas.

Casos de pedofilia homossexual irão correr em segredo de justiça:

Título XIII, Art. 80 – As demandas que tenham por objeto os direitos decorrentes da orientação sexual ou identidade de gênero devem tramitar em segredo de justiça.

Censura a piadas sobre gays:

Título XIV, Art. 93 – Os meios de comunicação não podem fazer qualquer referência de caráter preconceituoso ou discriminatório em face da orientação sexual ou identidade de gênero.

“O Estatuto da Diversidade Sexual é um avanço. Isso nunca havia sido pensado em relação às questões LGBT”, reconheceu Marta Suplicy, classificando-o como de importância “inquestionável”.
O Estatuto defende que o Estado é obrigado a investir dinheiro público para homossexuais que querem caros procedimentos de reprodução assistida por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) e também o Estado é obrigado a criar delegacias especializadas para o atendimento de denúncias por preconceito sexual contra homossexuais, atendimento privado para exames durante o alistamento militar e assegura a visita íntima em presídios para homossexuais e lésbicas.

NÃO VAMOS DEIXAR ISSO ACONTECER! É O FIM DA FAMÍLIA PESSOAL.
O POVO BRASILEIRO TEM QUE REAGIR, ANTES QUE SEJA TARDE DEMAIS.

fonte: http://wphotography.altervista.org/blog/lei-que-extingue-a-familia-sera-em-votada-na-proxima-semana-entenda-essa-lei/

Pudim de leite condensado express

Olá amigos!
Neste fim de semana eu estava com uma vontade de comer um pudim de leite condensado mas sem paciência pra esperar quase uma hora pra ficar pronto no banho-maria. Já fiz aquela receita de microondas que leva uns vinte minutinhos, mas na verdade não gosto muito porque não fica tão firme. Tentei então uma nova receita e, pra minha surpresa deu certo! Quero compartilhar com vocês minha experiência. Vai lá:

Ingredientes:
02 latas de leite condensado
02 medidas de leite
04 ovos
50g coco ralado (opcional)

Modo de fazer:
Caramelize a forma de pudim e reserve. Uma dica para caramelizar a forma sem queimar o açucar é colocar um pouquinho de água junto (1 colher de sopa).
Bata os ingredientes no liquidificador, coloque na forma e asse na potência máxima por 20 minutos (ou conforme a potência do seu micro).
Deixe esfriar e aí é só se deliciar!!!

Tomara que gostem porque aqui em casa foi um sucesso!
Experimentem e deixem seus comentários!
Abraços,
Kelli